Diferenças entre os tipos de vegetarianismo

vegano ou vegetariano

Existem diferentes práticas dentro do vegetarianismo e todas têm suas forças e dificuldades. Dentre os princípios do vegetarianismo está o direito à liberdade, não apenas aos animais, mas a sua também. Por isso mesmo, uma pessoa que não é vegetariana não merece qualquer tipo de julgamento nesse debate, pois, se um vegetariano preza pela liberdade dos seres vivos, isso inclui quem come carne também, certo? Além disso, é importante entender que não existe uma fórmula ou um passo a passo para iniciar uma dieta vegetariana de qualquer tipo, já que cada pessoa reage e se adapta a uma nova alimentação de uma forma diferente. Para descomplicar a coisa, indicamos aqui algumas diferenças entre as perspectivas sobre o vegetarianismo. Não viemos defender esta ou aquela nomenclatura, mas mostrar que as possibilidades de abordagem são muitas e nenhuma é certa ou errada, ok? Vamos lá:

 

Vegetariano só come alface, cruzes, quero não. E as proteínas afinal, heim?

Quem sabe vamos naquele restaurante que todo mundo está falando? Tem um prato vegetariano lá ótimo. Ou então nós preparamos algo para você, se não gostar tudo bem, pelo menos mostramos opções diferentes. O importante é você comer bem e sorrir depois sempre que possível.

 

AAAAAAAAAAmo comida vegetariana/vegana, mas como carne

Convenhamos que tem cada comida veg boa, né? Que legal que existe o interesse e abertura para novas experiências gastronômicas. Nos convida pra dar uma volta!

 

Adoro a ideologia vegetariana e a comida, mas gosto de carne. Queria parar, mesmo, mas não conseguiria. Mas não compro nada de couro, por exemplo.

Porque se pararia de comer algo de que se gosta muito? Praticar suas ideologias é super importante, mas se vai lhe prejudicar mais do que satisfazer, pense em outras formas de contribuir com aquilo que você acredita, que tal? Não consumir produtos da indústria têxtil e cosméticos que derivam dos animais é um ótimo exemplo!

 

Parei de comer carnes vermelhas porque faz muito mal à saúde

Realmente, carnes vermelhas são muito complexas, não apenas em termos de saúde, mas em termos produtivos. A carne branca também tem uma série de complicações, sabia? Se quiser podemos conversar mais sobre isso!

 

Já tentei ser vegetariano, sou muito favorável. Não deu, voltei pra carne, descobri que meu corpo sentia falta e/ou que realmente gosto

Se voltou a comer, é porque seu organismo gritou pra dizer que precisava. Existe, sim, o vício da carne, o que não quer dizer que  teve uma “recaída” ao voltar a comer. Se houver culpa toda a vez que come um bife, tente novamente, nós te ajudamos. Se não, tudo bem, tudo o que você faz pelo vegetarianismo já é uma ótima contribuição para a causa.

 

Só estou comendo peixe. Já me disseram que isso é vegetariano

Olha, peixe também é carne. Considerando que a principal similaridade entre qualquer alimentação vegetariana é o não consumo de carne, comer apenas peixe não é ser vegetariano. Mas realmente esse é o tipo de derivado animal menos agressivo à saúde, apesar de ainda ser derivado de animal, certo?

 

Aqui não tem o consumo de carne! Sou vegetariano, mas como queijo e ovo

Todos que não comem carne especificamente são vegetarianos. Se são consumidos derivados (leites e produtos do leite, como queijo; ovos e produtos que levam ovos, mel, manteiga, etc) você é ovo-lacto vegetariano. Nossa, tanta comida boa tem, né? Passa umas receitas pra gente!

 

Não como carne nem ovos. Opa, ovo sim, leite não. Vixe, confundi. O que eu sou mesmo?

Primeiro, uma pessoa. Mas é muito simples, se não se consome carne já se encontra na categoria dos vegetarianos. Ao não comer qualquer derivado do leite também (queijos, iogurtes, molhos) se é ovo-vegetariano (porque se come ovos e vegetais, certo?). Se não consome ovos e produtos com ovos, mas sim leite e seus derivados, se é lacto-vegetariano. Basta colocar no nome – se quiser ter um nome específico, claro – aquilo que ainda se está colocando no prato.

 

Cortei totalmente a carne, o leite e o queijo! Mas outros derivados não considero como problema ou não avaliei profundamente

Se precisamos dar um nome, o não consumo de carne e derivados essenciais é simplesmente vegetariano. O que acontece é que existem outros produtos – como o mel de abelha e a manteiga – que também são derivados.

 

Carne, leite, ovos, mel, gelatina… Não consumo nada disso, não. Nada que foi roubado dos animais entra na minha boca

Vegetariano estrito. Esse é o nome mais comum para quem não consome também qualquer tipo de derivado. Existem muitíssimas receitas maravilhosas por aí, inclusive. Pensar nas substituições é importante também, sempre queremos dicas, ok?

 

Nem derivados, nem produtos testados em animais, nem nada que tenha relação com a crueldade. Vegan com orgulho!

O veganismo é justamente a abdicação de qualquer produto que tenha sido produzido privando os animais da sua liberdade de escolha. Isso significa que além da carne e dos derivados há uma preocupação com cosméticos, itens de beleza e da indústria têxtil e produtos de limpeza testados ou que tenham qualquer tipo de ingrediente na sua fórmula que tenha sido extraído de um animal. Além disso, há o cuidado com marcas que patrocinam eventos de crueldade como rodeios e competições com animais. Mas se uma ou outra questão não está dentre as preocupações, o veganismo é parcial, ainda que essa seja apenas uma nomenclatura, lembra?

E ai, gostou? Conhece alguém que já tenha soltado uma dessas palavrinhas-chave aí? Conta pra gente as relações que você conhece!

comments